Netflix quer que você decida o castigo de quem solta spoiler

Campanha criada pela TBWAChiatDay Los Angeles usa interatividade em vídeo

São Paulo – A Netflix tomou as dores de seus assinantes e está empenhada em uma campanha de conscientização sobre o novo mal da internet: os spoilers.

O filme “The Rat”, criado pela TBWAChiatDay Los Angeles, exibe a cena de um homem chamado Bobby sendo torturado por uma dupla de mafiosos.

O motivo? Ele é acusado de soltar spoilers. O plano de assassina-lo é no mínimo criativo. O torturador derrama mel em seu corpo e ameaça empurrá-lo em um desnível lotado de ratos.

Após receber um telefonema revelando que o pobre homem pode ser inocente, o mafioso fica indeciso se concretiza o ato ou solta o rapaz.

Nesse momento, a interatividade ganha espaço e mostra duas opções para o usuário que assiste a trama: a de empurrar ou salvar Bobby.

Os curiosos que clicaram em mandar o homem aos ratos receberam um sermão de volta, já os que clicaram em salvá-lo ouviram o recado do torturador: dá próxima vez, pergunte ao amigo em qual episódio ele está.

Depois de assistir ao filme, a maioria vai pensar duas vezes antes de soltar um spoiler.