Microsoft usa ‘gato’ para promover Internet Explorer

No comercial, um homem conta à sua psicoterapeuta que tinha um problema com as versões antigas do navegador

São Paulo – A Microsoft criou um comercial “diferente” para promover o aniversário de um ano do navegador Internet Explorer 9.

No vídeo, chamado O navegador que amava odiar, um homem conta à sua psicoterapeuta que tinha um problema com as versões antigas do navegador: não podia ver ninguém usando o software que corria lá para desinstalá-lo. E que por isso, ele tinha arranjado encrenca com a namorada, com a mãe e colegas da escola.

Dito isso, ele garante que se recuperou, porque a versão mais recente do navegador, a 9, na opinião dele, é muito boa. A médica concorda e diz que ele está pronto para estabelecer relacionamentos. Logo após essa afirmação, acontece uma cena nonsense. Ele mostra um gato vestido de policial para a psicóloga – e nega que o bichano seja um gato.

O vídeo termina por aí, com uma frase também estranha: Melhor navegador + gato fofo: é hora de considerar o novo browser. Esquisito, não?

Guerra dos navegadores – o vídeo talvez seja nonsense porque a Microsoft não tem muito o que comemorar com o navegador.

O Internet Explorer, que já deteve 95% do mercado, está em queda livre desde 2004. Até a versão 9 do navegador, lançada há um ano, não conseguiu segurar o declínio. Mesmo com reviews positivos, ele não cativou os usuários.

Por enquanto, o Internet Explorer tem 36% do mercado global de browser e continua líder. Mas está seriamente ameaçado pelo Chrome, do Google, que tem 30% da preferência dos internautas – e mostra que tem bastante fôlego para continuar crescendo e ultrapassá-lo. E é esse desafio que o comercial do gatinho terá que vencer. Será que vai conseguir?

Abaixo, o comercial: