Ministério irrita usuários ao dizer que quem “bebeu, perdeu”

O Ministério da Justiça resolveu alertar para o risco do consumo excessivo de bebidas alcoólicas com conselhos que irritaram muitos usuários nas redes sociais

São Paulo – O Ministério da Justiça resolveu alertar para o risco do consumo excessivo de bebidas alcoólicas com um conselho que irritou muitos usuários nas redes sociais: segundo a campanha, quem “bebeu, perdeu”.

Em um post no Facebook, que já foi apagado, o Ministério divulga a campanha com a mensagem “Bebeu demais e esqueceu o que fez? Seus amigos vão te lembrar por muito tempo”. 

Usuários salvaram o anúncio, junto com a revolta de quem conseguiu ver a campanha a tempo:

Para muitos internautas, a campanha associa o vazamento de vídeos íntimos e o abuso sexual ao comportamento das vítimas, culpando-as pelo que sofreram. A campanha foi chamada de “machista” e “misógina”.

A mensagem final da campanha, “Curta a vida sem beber”, também recebeu críticas.

Em outro post no Facebook, o Ministério da Justiça se desculpou pelo anúncio e disse que a campanha #BebeuPerdeu “é muito mais do que isso”.

Post by Ministério da Justiça.