McDonald’s gera polêmica e críticas no México após anúncio

Após post no Facebook, McDonald's recebeu avalanche de críticas ao sugerir que tradicional comida local era coisa do passado

São Paulo – O McDonald’s do México causou um terremoto após um simples anúncio no Facebook.

Isso porque a marca sugeriu, em sua propaganda do “McBurrito”, que o novo produto iria substituir os tamales, uma comida tradicional do país.

“Os tamales são coisa do passado: McBurrito à mexicana também vem enrolado”, dizia a propaganda com a imagem do burrito.

Em poucos minutos, uma enxurrada de críticas de mexicanos que ficaram ofendidos com a blasfêmia do McDonald’s.

O tamale é um prato tradicional da região mesoamericana, feito com massa à base de milho e depois cozido e recheado com carnes, queijos, legumes e até frutas.

Mas o peso da tradição culinária não explica todas as reações apaixonadas no episódio. A religião entra – e muito – nessa história.

O post do McDonald’s, feito no dia 2 de fevereiro, celebrava justamente o Día de La Candelaria no país, conhecido também como La Fiesta de Nuestra Señora de la Candelaria.

É tradição local, na mistura dos ritos católicos com os ritos pré-hispânicos, “oferecer tamales aos deuses”. A comida é obrigatória nas festas que celebram Nossa Senhora nessa data.

Assim, falar que “tamales era coisa do passado” foi o mesmo que dizer que a religião católica de milhões de mexicanos, assim como a tradição asteca, eram coisas a serem deixadas para trás.

Diversos sites estrangeiros relataram a reação de muitos mexicanos. Até um famoso âncora de TV local, Joaquín López-Dóriga, se manifestou contra a propaganda.

“Como ousam insultar uma tradição tão bela? Prefiro comer tamales que esses seus horríveis produtos podres”, disse um no Facebook.

“Tamales não serão substituídos por sua horrível carne de cavalo”, escreveu outro.

No Twitter, escreveu um usuário: “O McDonald’s diz que tamales são coisas do passado; coma então um de seus burritos com carne de rato!”.

Desculpas

O McDonald’s apagou o post original (mas cuja imagem você vê acima) e tratou de publicar uma nota de esclarecimento.

Leia a tradução na íntegra:

“Sobre o post do Día de La Candelaria que foi publicado ontem em nossas redes sociais, queremos dizer que em nenhum momento foi intenção do McDonald’s desacreditar as celebrações ou as comidas tradicionais mexicanas, como é o caso dos tamales. 

No McDonald’s, respeitamos as tradições e as crenças de todos os países onde temos oportunidade de trabalhar. Da mesma forma, incluímos pratos locais nos nossos cardápios com o único objetivo de ressaltar os valores e a cultura de cada país. Por exemplo, no México incorporamos os molletes, ovos feitos à tradição mexicana, e os churros, por serem do gosto dos nossos visitantes. 

Estes e todos os pratos do nosso cardápio são elaborados com ingredientes nacionais, o que nos permite oferecer alimentos frescos e de qualidade.

Oferecemos nossas desculpas àqueles que possam ter se ofendido com nossa publicação, mesmo que ela já tenha sido retirada de nossas redes sociais. 

Em 2015, celebramos 30 anos de presença no México. Estamos agradecidos por estarmos nesse grande país e ser parte da vida de milhares de famílias que nos visitam diariamente para viver a experiência McDonald’s”.