Loja sueca convida clientes a trocarem drogas por roupas

Compradores poderiam aproveitar edições limitadas

No início do mês de setembro, a varejista sueca de roupas esportivas Bjorn Borg e a agência Nord DDB lançaram um filme que compara os resultados de praticar exercícios com os altos níveis de serotonina ao usar drogas. Os dados foram transmitidos como parte de sua nova campanha “Chase the Exerhighs”.

Agora, para levar a ideia ao mundo real, a marca abriu uma loja de varejo na qual os compradores poderiam aproveitar edições limitadas de Bjorn Borg realizando o pagamento com drogas.

No pop-up em Amsterdã, Bjorn Borg disse aos compradores que eles poderiam trocar suas ervas, analgésicos ou outros tipos de drogas por peças de roupas limitadas com ilustrações de Patrick Saville, cuja arte no estilo dos anos 70 também evoca a sensação de um estado sonhador e desequilibrado. Confira abaixo na íntegra:


No início, alguns consumidores acharam estranho, mas acabaram cedendo e indo ao estabelecimento para fazer uma troca. De acordo com a agência, ela confiscou todos os “pagamentos” queimando-os, mas afirmou que não fez nenhuma análise para saber se alguma das drogas era do tipo ilegal.