Libertadores rendeu mais de R$ 7 milhões em patrocínios pontuais ao Corinthians

Ainda sem patrocinador máster, clube aproveitou exposição para inflacionar camisa

São Paulo – A Copa Santander Libertadores de 2012 está rendendo mais de R$ 7 milhões aos cofres do Corinthians, só em patrocínios pontuais, sem contar o que o clube já recebe das marcas com espaço fixo na camisa.

Nos dois jogos contra os argentinos do Boca Juniors, o time fechou espaços publicitários com três marcas. Juntas, Iveco Marabraz e Bombril pagaram cerca de R$ 4,3 milhões pela visibilidade que a exposição em rede internacional renderá. As duas primeiras já haviam fechado acordo com o clube desde as semifinais, contra o Santos.

Outros acordos pontuais somaram cerca de R$ 2,9 milhões, e envolveram oitavas, quartas e semifinais. Vale ressaltar que os patrocínios de oportunidade são geralmente fechados a valores mais altos do que os acordos de longo prazo.

A Fisk, por exemplo, que tem contrato fixo com o clube, desde o início de 2011, paga R$ 10 milhões por toda uma temporada.

Depois do empate na Argentina e de uma eventual vitória no próximo jogo contra o Boca Juniors, que será em casa, é de se esperar que o preço pelo patrocínio máster ao clube tenha uma elevação.