Itaipava também dará nome à Arena Pernambuco

A fabricante de bebidas Grupo Petrópolis assinou seu segundo contrato de concessão de direito de uso de nome de estádio no Brasil

São Paulo – A fabricante de bebidas Grupo Petrópolis assinou seu segundo contrato de concessão de direito de uso de nome de estádio no Brasil, conforme antecipado pelo Broadcast, em matéria no começo de abril.

Depois da Arena Fonte Nova, em Salvador, que ficou nomeada como “Itaipava Arena Fonte Nova”, a empresa dá o nome de sua principal marca de cerveja para a Arena Pernambuco, em Recife.

Segundo a Petrópolis, em nota, os termos do contrato de “naming rights” (direitos sobre o nome do estádio) são parecidos com o assinado anteriormente: os investimentos são de R$ 10 milhões por ano, por 10 anos.

“O contrato concede à Itaipava e TNT Energy Drink o direito de comercialização de energéticos e cerveja sem álcool com exclusividade em todos os bares e restaurantes do equipamento, além de possibilitar várias ações de marketing planejadas pela empresa com os torcedores”, informou a empresa.

“Mesmo para os objetivos da marca na região, o investimento será eficiente apenas se o estádio for bem aproveitado, o que beneficia diretamente o futebol nordestino. Por isso estamos fazendo esses investimentos”, disse o diretor de mercado do Grupo Petrópolis, Douglas Costa, no comunicado.


Localizado a 19 quilômetros do centro de Recife e com capacidade para 46 mil torcedores, o estádio será gerido por uma concessionária formada pela Odebrecht Participações e Odebrecht Infraestrutura nos próximos 30 anos.

A Itaipava Arena Pernambuco será inaugurada oficialmente nesta segunda, com um jogo entre operários que ajudaram a erguer o estádio. A presidente Dilma Rousseff dará o pontapé inicial, assim como já havia feito no sábado, na inauguração do Estádio Nacional de Brasília, o Mané Garrincha. Para o jogo desta segunda, apenas 15 mil lugares estarão liberados.

A partir de julho, o estádio passará a ser a nova casa do Náutico. O time fará um amistoso no local na próxima quarta-feira, contra o Sporting, de Portugal.

O Grupo Petrópolis está construindo uma fábrica em Itapissuma, a 45 km de Recife, que será inaugurada em 2014. Com investimentos calculados em R$ 1,1 bilhão, serão gerados 500 empregos diretos e 3 mil indiretos após inauguração da unidade fabril pernambucana.