Inglesa Burberry apresenta nova identidade de marca após 20 anos

Marca de luxo britânica apresentou um novo monograma criado a partir das iniciais do fundador Thomas Burberry e um logotipo mais minimalista

São Paulo – A Burberry vive tempos de mudança. Após quase duas décadas, a marca de luxo britânica revelou dois novos aspectos de sua identidade no começo do mês: um monograma criado a partir das iniciais do fundador Thomas Burberry e um novo logotipo. 

O logotipo traz o “Burberry” em letras maiúsculas (caixa alta), sem serifa e em negrito, com “London England” escrito embaixo. O logo anterior incluía um cavaleiro e trazia a data de fundação da marca, 1856.

A última alteração no logotipo da marca foi feita 1999 por Fabien Baron, que retirou o “s” de Burberry’s. 

A nova identidade foi criada pelo designer Peter Saville, famoso pela icônica capa do álbum de estreia da banda inglesa Joy Division (que traz um gráfico do sinal de rádio captado por um radiotelescópio) e pelo logotipo da Calvin Klein de 2017, também em letras maiúsculas (caixa alta) e sem serifas. 

Já o monograma chega nas cores branco, laranja e mel celebrando a herança da marca, com o B do fundador Thomas Burberry entrelaçado com linhas em laranja que se parecem com um T.

View this post on Instagram

The #ThomasBurberryMonogram August 2018

A post shared by Burberry (@burberry) on

A renovação da marca britânica foi encomendada pelo estilista italiano Ricardo Tisci, contratado em março como diretor de criação da Burberry, após comandar por 12 anos a diretoria de criação da Givenchy, outra gigante do luxo.

“Peter é um dos maiores gênios da nossa geração”, disse Tisci em um comunicado no Instagram. “Estou muito feliz por ter colaborado para reimaginar a nova linguagem visual para a casa.”

A nova identidade visual da marca foi apresentada um mês antes do primeiro desfile de Tisci com a Burberry, que acontecerá em setembro durante a Semana de Moda de Londres.

A Burberry compartilhou alguns dos bastidores da colaboração entre Tisci e o deginer Peter Saville na forma de e-mails. O conteúdo das conversas entre os criativos foi divulgado no Instagram da marca (que soma 11,9 milhões de seguidores) e traz dados curiosos, como o fato de Saville ter recebido apenas quatro semanas para repensar o logotipo (ao que o designer respondeu: “Você está louco! É preciso ao menos quatro meses para um projeto como esse!”).

Ao final, não foi necessário tanto tempo assim. Em um mês, Saville propôs um novo logotipo com uma pegada minimalista, inspirado em alguns materiais do arquivo da Burberry. Se o resultado foi adorado por Tisci, o mesmo não se pode dizer da recepção do público.

A julgar pelos comentários no Instagram da Burberry, muitos fãs não gostaram nem um pouco da nova identidade.  “Quatro semanas? Dava para fazer isso em 4 minutos”, diz um dos seguidores do perfil. “Eu não suporto o fato do logotipo da Burberry parecer igual ao de uma marca de água engarrafada 😑 .. não é legal, não é bom”, critica outro. São tempos de mudança na Burberry, e só o tempo dirá se para o bem ou para o mal.

Entre as 10 marcas de luxos mais valiosas do mundo, a Burberry ocupa o 7º lugar no ranking, com quase 4,5 bilhões de dólares.