Futebol ou sapatos? Ação da Heineken divide consumidores

Ação foi criada para que mulheres deem folga a torcedores, explica a marca; sugestão dividiu internautas

São Paulo – Este sábado é dia de final da UEFA Champions League. E também dia de liquidação de sapatos femininos. Graças à patrocinadora Heineken, a promoção acontecerá durante a partida. O objetivo, diz a cerveja, é que as namoradas e esposas deem uma folga aos torcedores.

A marca se uniu à rede ShoeStock para oferecer até 50% de desconto na tarde de exibição do jogo entre Real Madrid e Atlético de Madrid, em algumas unidades da loja na cidade de São Paulo e pela loja virtual.

Segundo Bernardo Spielmann, diretor de marca e patrocínios da Heineken Brasil, a meta era criar uma ação inusitada para promover o patrocínio, que já dura mais de dez anos. 

O objetivo é fazer uma campanha divertida e diferente de tudo que já fizemos no Brasil. Para isso, a Heineken Shoe Sale será comunicada com bom humor no ambiente digital”.

A campanha, assinada pela agência Wieden+Kennedy, rapidamente deu o que falar, e seu vídeo promocional ultrapassou as 100 mil visualizações no YouTube.

Nem todas as reações, no entanto, foram positivas. Parte dos consumidores usaram as redes sociais para reclamar que a iniciativa, ao separar homens e mulheres no gosto pelo futebol, reproduziria uma visão machista do esporte.

Questionada sobre a recepção negativa, a Heineken sustenta que a ação é apenas uma brincadeira com seus consumidores.

A intenção da Heineken é divulgar a grande final da UEFA Champions League de maneira bem humorada, fazendo analogia a situações corriqueiras no relacionamento de alguns casais. A marca não tem a intenção de reforçar estereótipos ou causar qualquer desconforto ou constrangimento”, explicou a cerveja em posicionamento oficial.

//www.youtube.com/embed/JK6oMdnM6Ls