Anúncio da Ford resume mulheres motoristas na Arábia Saudita

Ford cria anúncio de oportunidade para falar sobre mulheres na Arábia Saudita que ganharam direito de dirigir, mas levanta polêmica

São Paulo – Na semana passada, as mulheres sauditas conquistaram o direito de poder dirigir. Até então, a Arábia Saudita era o único país do mundo que bania mulheres de serem motoristas.

Algumas marcas aproveitaram a notícia para criar anúncios de oportunidade.

Uma delas foi a Ford, que postou uma imagem simples e eficaz, considerada o “melhor resumo” da notícia.

A imagem da marca traz os olhos da mulher no espelho retrovisor interno do carro. Ao mesmo tempo, cria uma imagem de uma mulher com nicabe, o traje feminino usado em alguns países muçulmanos que deixa apenas os olhos visíveis.

Junto da imagem, a frase “Bem-vindas ao banco do motorista”.

Segundo a Ford do Oriente Médio, a criação foi da GTB com a agência de RP ASDA’A Burson-Marsteller.

Plágio?

Nas redes sociais, algumas pessoas, contudo, não ficaram muito admiradas com a peça da Ford.

É que elas perceberam que um anúncio mais antigo, criado pela J. Walter Thompson de Doha para o site Raseef22, trazia exatamente o mesmo conceito.

Confira:

Anúncio criado pelo JTW de Doha: sobre direitos das mulheres no Oriente Médio

Anúncio criado pelo JTW de Doha: sobre direitos das mulheres no Oriente Médio (raseef22.com//Reprodução)