Nissan diz que filme suspenso foi visto mais de 122 mil vezes

Montadora emitiu comunicado explicando que acatou, no mesmo dia, a solicitação feita pelo Conar

São Paulo – A Nissan se pronunciou sobre a suspensão do comercial do Livina 2011, que comparava o carro a três marcas concorrentes.

Segundo a montadora, por mais que o filme tenha sido tirado de veiculação por determinação do Conar, ele teve alta receptividade na internet, tendo registrado mais de 122 mil visualizações em menos de uma semana.

Ao tirar o filme do ar, o Conar acatou a uma recomendação da GM que, junto de Fiat e Honda, foi satirizada pela Nissan. A ação foi criada pela Lew’LaraTBWA e, para o sócio e diretor de criação da agência, Jaques Lewkowicz, não deveria ser considerava ofensiva, pois “apenas compara de forma bem-humorada os atributos e os prêmios da Nissan aos dos concorrentes”. Para ele, a criação “é a exacerbação da realidade em tom de humor”.

Leia o comunicado da Nissan na íntegra:

“A Nissan do Brasil informa que recebeu ontem (29), pelo Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (CONAR), liminar de cancelamento da veiculação do comercial “Nissan Livina 2011″. O pedido foi feito por uma das marcas citadas no vídeo, que destaca os prêmios que o Nissan Livina recebeu pela imprensa especializada.

A Nissan do Brasil acatou, prontamente e no mesmo dia, a solicitação feita pelo CONAR, retirando do ar o comercial. Entretanto, a receptividade do consumidor perante a publicidade foi positiva, já que vídeo teve mais de 122 mil visualizações pela internet em menos de uma semana.”

Leia mais notícias sobre a Nissan

Siga as notícias de marketing do site EXAME