Feito de átomos, IBM cria “o menor filme do mundo”

Curta promove nova tecnologia de armazenamento de dados

São Paulo – Para armazenar um simples bit de informação em um computador ou gadget, são necessários mais ou menos 1 milhão de átomos. Porém, o departamento de pesquisa da IBM anunciou uma potencial revolução tecnológica: Gravar a mesma quantidade de dados em apenas 12 átomos.

Isso implicaria em dispositivos menores e mais poderosos, mudando inteiramente o modo como a indústria funciona atualmente. Se o papo tudo é muito nerd, a IBM resolveu demonstrar a tecnologia de uma maneira divertida: com um curta-metragem.

Mas não é um simples filme, é o menor filme do mundo. Através da manipulação de átomos – que foram ampliados 100 milhões de vezes – a empresa criou o stop-motion A Boy and His Atom.

Segundo a IBM, cada átomo foi animado individualmente através de um microscópio de duas toneladas que opera a 232 graus Celsius negativos e uma agulha com 1 nanômetro.

Assista o filme acima, e abaixo o making of explica o processo de produção.