Facebook pode perder US$ 103 milhões em publicidade

Rede social dará aos usuários maior controle sobre dados pessoais usados nas "histórias patrocinadas", como parte de um acordo para encerrar processo

São Paulo – O Facebook pode perder cerca de US$ 103 milhões em receita publicitária, depois que concordou em permitir que seus usuários tenham maior controle sobre como suas informações – nomes, imagens e fotografias, por exemplo – são usadas no recurso “histórias patrocinadas”.

A iniciativa da rede social é parte de um acordo para resolver um processo movido por cinco membros do site.

O valor da perda foi apontado por um economista contratado pelos usuários que acionaram a Justiça contra o site, conforme reportou a Reuters.

No processo judicial, os usuários alegavam que a rede social violava a lei da Califórnia ao publicar anúncios que mostravam os conteúdos “curtidos” pelos membros do site, por meio da função “histórias patrocinadas”, sem, no entanto, pagá-los por isso ou dar-lhes a possibilidade de desativar o recurso.

Para encerrar o processo, o site concordou em pagar 10 milhões de dólares para caridade, além de permitir aos usuários maior controle sobre os dados pessoais que podem ser usados nas “histórias patrocinadas”.

Pelo acordo, arquivado nesta quinta-feira, o Facebook concordou em manter estas mudanças por pelo menos dois anos, conforme documentos judiciais citados pela Reuters.