Em ação, Bradesco promove encontros reais

“Uma vez mais Lado a Lado” tem estilo documental e estética cinematográfica

São Paulo – Um trem trazendo pessoas para encontrar aqueles que não vêem pessoalmente há muito tempo. Essa é a idéia criada para personificar o conceito de Presença neste final de ano para o Bradesco.

O filme tem estilo documental e estética cinematográfica, e os personagens principais – todos clientes do Banco -,  não são atores, mas sim pessoas vivendo sua própria história, escolhidas em função dessa situação de ausência que a idéia pedia.

O vídeo mostra de um lado aqueles que estavam distantes chegando num trem, enquanto parentes, amigos e amores esperam ansiosamente por eles, numa das plataformas da Estação Júlio Prestes, em São Paulo.

Denominado “Uma vez mais Lado a Lado”, o filme, criado por Alexandre Gama, André Kirkelis e Carlos Scheleder, integra a campanha de fim de ano do Bradesco, no ar desde o último dia 25 de novembro.

Assista ao filme


No set:

Diante do desafio de capturar de maneira autêntica toda a intensidade e emoção de estar lado a lado uma vez mais, os filmes foram produzidos num único take, sem qualquer tipo de ensaio, foram utilizadas 6 câmeras 5D, que têm formato de uma câmera fotográfica convencional, a fim de que as pessoas não se sentissem intimidadas pela presença dos equipamentos e nem percebessem quando as câmeras estivessem, de fato, filmando. As equipes que capturaram as imagens em 35 mm ficaram em pontos distantes e estratégicos, registrando planos gerais e algumas reações das personagens.

Além do filme institucional, o material desdobrou-se em outros 4 comerciais  que apresentarão as histórias individuais de cada reencontro. Estes filmes serão veiculados na internet.

As histórias:

-Um avô cuja filha morreu prematuramente, e que estava há 1,5 ano sem ver seu neto e seu genro.

-Um casal de namorados separados pelas oportunidades de trabalho surgidas para ele em São Paulo, enquanto ela continuou em Curitiba.

-Duas irmãs há muito sem se ver, período em que uma ajudou financeiramente a outra a superar um câncer.

– Filha que não vê o pai há muito tempo em virtude da separação dos pais.