Contas podem ter publicidade `one to one´

São mais de 10 bilhões de contas expedidas por mês, ideal para ações de marketing direto

São Paulo – Se as marcas começam a impactar consumirores assim que acordam, como a exibida no rádio relógio, por exemplo, vem mais oferta por aí: as contas. Pode ser de telefone, cartão de crédito, luz, gás, água, planos de saúde, TV a cabo e assinatura de web. Quem está atenta a esse mercado é a InfoPrint, uma divisão da Ricoh, rival da Xerox desde os tempos da fotocópia.

A empresa, dirigida no Brasil pelo executivo Giovanni Faria, é responsável pela impressão de 6,5 bilhões de contas por  mês, equivalente a 65% do market share setorial. São documentos individuais que relatam as despesas dos usuários de serviços públicos, bancários, telefônicos e de entretenimento no lar.

Além do nome, a conta pode embutir advertências comerciais, especialmente em ações de marketing direto. Os formatos de comunicação, o hardware de impressão, o software de personalização e todo aparato tecnlógico que transforma uma conta em mídia são da InfoPrint, difusora do conceito TransPromo (Transações Promocionais). A média é de 10 contas por indivíduo no País, um mercado de 10 bilhões de boletos mensais.

“É uma mídia que permite a comunicaçao one to one. A conta é uma informação individual e se for usada como canal de mídia deve levar em conta essa característica”, frisou Faria, enfatizando que o produto permite levar informações sob medida para quem recebe a correspondência. “É publicidade dirigida de verdade, muito adequada para bancos, cartões de crédito, marcas de telefonia e emissoras de TV por assinatura, por exemplo. Dá um pouco de trabalho, mas o resultados são ótimos”, ele acrescentou.

Faria diz ainda que na Espanha a receptividade do serviço da InfoPrint já conquistou o mercado. Nos Estados Unidos, idem. “Nos EUA a rede de hotéis anuncia promoções e parceria cartões de desconto e milhagens áreas”, diz o executivo.

Leia mais notícias sobre marketing

Siga as notícias de marketing do site EXAME no Twitter