Canon mostra como a maternidade pode ser assustadora

Ser mãe é assustador e as mulheres que já passaram por essa experiência sabem bem disso

Ser mãe é assustador e as mulheres que já passaram por essa experiência sabem bem disso. A máxima “ser mãe é padecer no paraíso” se popularizou não por acaso. A maternidade é difícil.

A responsabilidade de gerar o que há de mais precioso no mundo, uma vida, pode ser física e emocionalmente dolorosa.

Falar das dores pelo corpo causadas pelo peso do bebê que cresce a cada dia parece algo estranho diante de todas as outras maravilhas de ter um filho, exceto se a proposta for trazer um retrato realista do que é a maternidade. É exatamente o que a Dentsu traz ao público na nova campanha de dia das mães de Canon.

Com um texto rico, o filme “Retrato” mostra uma mulher que relembra os momentos difíceis pelos quais passou com a maternidade. Ao final, descobrimos que a narração é, na verdade, a carta de uma mãe para sua filha, que também se prepara para ser mãe.

A campanha foge do tradicional conceito romantizado que reporta a maternidade como sendo um momento fácil, sem obstáculos. Apesar de falar das dificuldades, no entanto, Canon não abandona a beleza do ato de se tornar mãe, defendendo que mesmo os momentos mais difíceis valem a pena e devem ser devidamente registrados.

Além do filme que será veiculado na internet, a campanha também conta com mídia display, ações patrocinadas com blogueiras e influenciadores de diferentes segmentos, como moda, beleza, entretenimento e viagens, e ativação nas redes sociais da marca. Um site com dicas e tutoriais para registrar momentos em família também fazem parte da ação (acesse aqui).

Confira o filme da campanha (e separe seu lenço, principalmente se você for mamãe ou estiver se preparando para ser):