Campanha transforma ofensas em armas

Ideogramas são usados para mostrar o poder de um xingamento

São Paulo – Revólveres e facas podem matar, mas palavras podem criar feridas incuráveis. Sabendo disso, o Centro de Pesquisa Psicológica de Shenyang encontrou nos recursos visuais um meio de mostrar a gravidade das ofensas.

A campanha “Palavras podem ser armas“, criada pela Ogilvy & Mather de Pequim, apresenta a história de seis jovens do Centro de Detenção de Shenyang.

Além de relatar os crimes, os depoimentos revelam traumas de infância consequentes de xingamentos desferidos pelos próprios familiares.

Por fim, os ideogramas das frases ofensivas lembradas por eles, tais como “Você é uma desgraça” e “Vá embora e morra”, foram impressas em metal e, quando unidas, transformadas em armas.

As palavras “assassinas” ganharam uma exposição no Centro de Pesquisa, incentivando as denúncias de agressões verbais vindas da família.

Confira o vídeo: