Campanha da Netflix brinca com a crise dos spoilers em público

Marca brinca com pessoas indignadas com quem vê Netflix em público

São Paulo – Desde que a Netflix se popularizou entre os brasileiros, o número de smartphones também cresceu entre a população. O tamanho das telas também só aumentou.

Por conta desses fatores, uma cena se tornou muito comum no transporte público, nas ruas e nas filas: pessoas vendo séries e filmes pelo celular. A opção “download” deixou ainda mais fácil essa prática (o pacote de dados agradece).

Esse benefício de ver um episódio de série na fila do banco, contudo, não veio sem um problema: o risco de tomar um spoiler em público.

Pensando nisso, a nova campanha da Netflix brinca com essa “crise”: fingindo dar depoimentos reais como em um documentário, personagens falam de seus problemas.

Um cobrador de ônibus, por exemplo, fala de um modo que parece que ele é homofóbico e está indignado com dois homens abraçados. Só depois entendemos que ele está furioso, mesmo, é com o spoiler.

Chamada “Chega de intolerância”, a marca diz na campanha: “Nunca deixe que te digam onde você pode ser feliz (só não esquece do fone de ouvido)”.

Assista: