Braskem muda identidade visual para parecer menos com Odebrecht

Empresas do holding Odebrecht estão mudando de nome e logo em plano de repaginação

São Paulo – A Braskem, empresa do setor químico e petroquímico controlada pela Organização Odebrecht, decidiu cair mais longe de sua árvore.

A marca mudou radicalmente o seu logo e identidade visual.

O antigo logo da empresa trazia fundo vermelho e letras brancas. O logo da Odebrecht também.

Desde 2013, as empresas do grupo traziam seus logos padronizados, sempre com o esquema vermelho e branco.

A intenção por trás da renovação é, justamente, se parecer menos com a Odebrecht.

Braskem e outras marcas do grupo querem se distanciar da empresa que nos últimos anos teve sua marca fortemente abalada ao se atrelar negativamente às ideias de corrupção, delações premiadas e Operação Lava-Jato.

O novo logotipo traz nova tipografia em branco para a palavra Braskem, ao lado de símbolo azul e amarelo.

A mudança da Braskem é a primeira dentro de uma estratégia desenhada em 2016. Todas as empresas do holding Odebrecht vão mudar de nome ou logo.

Marcas que levavam o nome Odebrecht vão perdê-lo, como a Odebrecht Realizações Imobiliárias.

Outras, como a Braskem já fez, manterão o nome, mas com mudança radical de identidade visual.

O azul, amarelo e branco serão característicos dos próximos logos a serem renovados.

Confira a mudança:

Antigo logo

Antigo logo da Braskem

Antigo logo da Braskem (Braskem/Divulgação)

Novo logo

Logo da Odebrecht

Prédio da construtora Odebrecht na Cidade do México, México

Prédio da construtora Odebrecht na Cidade do México, México (Carlos Jasso/Reuters)