Brasil é o segundo país com mais finalistas no El Ojo

Argentina lidera com 150, frente aos 138 brasileiros; Ogilvy tem 20 peças no shortlist

São Paulo – O Brasil é o segundo país com mais finalistas no El Ojo 2011, festival iberoamericano de publicidade que acontece de 7 a 9 de novembro em Buenos Aires, mas já tem seus shortlists definidos. Com 138 peças, o Brasil fica atrás apenas da Argentina, com 150 – especialmente pela área de TV/Cinema, onde as agências argentinas emplacaram 59 trabalhos, contra 24 do Brasil.

Oito das 14 áreas do festival tem o País como principal finalista: Produção Gráfica (5), PR (11), Inovador (11), Conteúdo (10), Design (20), Via Pública (14), Campanhas Integradas (3) e Tercer Ojo (6). A Argentina é destaque em Gráfica (23), TV/Cine (59), Produção Audiovisual (16) e Postais (6), dividindo nesta última a liderança com a Colômbia. Completam a lista a Colômbia, líder em Rádio (9); e o país novamente em Sustentável, dividindo o posto com a Espanha (3). O Brasil chega à etapa sem finalistas em apenas duas áreas: Rádio e Postais.

A agência brasileira com mais peças no shortlist é a Ogilvy, com 20; seguida por Santa Clara (18), AlmapBBDO (15), JWT (14) e Loducca (12). Completam a lista dos finalistas Leo Burnett Tailor Made (8), DM9DDB (5), F/Nazca S&S (5), Giovanni+Draftfcb (5), Lew’Lara\TBWA (4), Perfil 252 (3), Publicis Brasil (3), WeShape Connection (3), Africa (2), AgênciaClick (2), BorghiErh/Lowe (2), Fischer&Friends (2), Greco Design (2), NewStyle (2), Agência3 (1), DCS (1), G2 (1), M.Quatro Design (1), Master (1), Media Contacts (1), NBS (1) e Wunderman (1). Duas peças, finalistas em Produção Audiovisual pela Hungry Man, em trabalho para a Nike Brasil, não tem agência inscrita.