Beijo lésbico da Urban Outfitters irrita mães americanas

Joguem os catálogos no lixo e boicotem a marca, pede "One Million Moms"

São Paulo – Uma imagem de duas garotas se beijando no catálogo de abril da varejista de fast fashion Urban Outfitters está irritando um grupo de mães nos Estados Unidos, que pede o boicote em massa da marca.

Por meio da organização “One Million Moms” – OMM – (algo como “Um Milhão de Mamães”), elas deram início nesta semana a uma campanha contra a empresa em redes sociais e fóruns de discussões, alegando que o conteúdo seria inapropriado e ofensivo para adolescentes.

“O catálogo de abril de 2012 da Urban Outfitters começou a chegar nas caixas de correio das casas nos últimos dias”, escreveu o grupo no próprio website.

“Na página 2 deste catálogo há uma imagem de duas mulheres se beijando. Anúncio e catálogo são claramente voltados para adolescentes”. E conclui: “O conteúdo é ofensivo e inapropriado para os adolescentes”.

A OMM também pede que as pessoas joguem os catálogos no lixo, liguem para a Urban Outfitters e peçam o cancelamento da lista de mailing da marca. “Quando você ligar, esteja certa de que deixou claro o motivo do cancelamento”, escreve o grupo.

A organização ainda estimulou as pessoas a enviarem e-mails para a marca, pedindo que os catálogos sejam retirados de circulação, sob a ameaça de um boicote caso a publicidade continue a ser divulgada.

Em fevereiro deste ano, o mesmo grupo reprovou a contratação da apresentadora Ellen Degeneres, lésbica assumida, como porta-voz da JC Penney, e pediu boicote à empresa. Só não contava com uma coisa: o apoio feroz de fãs de Degeneres e defensores que incluíram Bill O’Reilly, da Fox News. Diante disso, só restou à OMM baixar a bola e desistir da gritaria.