As estratégias dos fundos multimercados

Os tipos de estratégias empregadas pelos hedge funds já se tornaram parte do dia-a-dia dos investidores ao redor do mundo. O Brasil não é exceção, com os hedge funds aqui chamados de fundos multimercados, figurando entre as opções de investimentos que mais crescem atualmente. Até os bancos comerciais no Brasil, mais tradicionais em suas linhas de produtos, passaram a oferecer hedge funds dos mais diversos tipos. A definição mais simples de hedge fund seria dizer que esse tipo de fundo pode investir em qualquer ativo disponível no mercado financeiro de qualquer parte do mundo, tanto apostando a favor (comprado) como apostando contra (vendido).

Tudo começou com Alfred Jones, nos Estados Unidos, em 1949. Com o objetivo de reduzir o risco de seu fundo de ações, ele passou a vender, a descoberto, ações que considerava caras. Com isso, criou o primeiro hedge fund e o que seria a estratégia Long & Short Equity (comentaremos mais sobre essa estratégia em seguida). Embora Long & Short continue a ser a principal estratégia dos hedge funds, o mercado cresceu bastante e novos estilos passaram a ser criados e empregados.

Abaixo está uma lista das principais estratégias aplicadas pelos hedge funds globais, com suas respectivas descrições.

Convertible Arbitrage

Fundos que procuram ganhar com a compra de debêntures conversíveis, aliada à venda de ações da mesma empresa para fins de proteção.

Dedicated Short Bias

Fundos dedicados a posições vendidas nos mercados acionários, com limites de exposição variando de acordo com o grau de risco admitido pelo fundo.

Emerging Markets

Fundos que investem em ativos financeiros de mercados emergentes ao redor do mundo.

Equity Market Neutral

Fundos que procuram fazer posições neutras em relação à variação do mercado acionário, ou seja, são fundos que fazem posições compradas e vendidas em ações de mesmo valor e procuram ganhar com a escolha das ações.

Event Driven

Fundos que procuram se antecipar e ganhar com eventos corporativos como fusões, aquisições, mudança de executivos, reestruturações e outros eventos.

Fixed Income Arbitrage

Fundos que buscam explorar anomalias entre instrumentos de renda fixa relacionados, porém, com reduzido risco de variação das taxas de juros.

Global Macro

Fundos que buscam seguir as grandes tendências macroeconômicas mundiais, tanto em posições compradas quanto em posições vendidas. Podem investir nos mais diversos mercados e instrumentos.

Long & Short Equity

Esses fundos investem em ações, tanto em posições compradas quanto em posições vendidas, podendo ter focos específicos em setores, regiões ou tamanhos de empresas.

Managed Futures

Também chamados de CTAs (Commodity Trading Advisors), esses fundos fazem posições em futuros financeiros e de commodities.

Multi-Strategy

São fundos caracterizados pela possibilidade de alocar o patrimônio entre as mais diversas estratégias de hedge funds existentes.

Estratégias dos Hedge Funds no Brasil

No Brasil, apesar da grande evolução observada nos últimos anos, existem poucas estratégias de hedge funds. Isso deve-se, em parte, pelo tamanho do mercado e, em parte, pela virtual ausência de alguns instrumentos usados nos mercados mais desenvolvidos (como debêntures conversíveis, por exemplo). Aqui estão as principais estratégias presentes no mercado brasileiro:

Arbitragem

Fundos que procuram explorar ineficiências e distorções nos preços dos ativos, na maioria das vezes fazendo uso de modelos matemáticos.

Equity Hedge

Fundos que têm a possibilidade de alocar seus recursos em diversos tipos de estratégias, porém dedicados exclusivamente a operações com ativos do mercado acionário e seus derivativos.

Long & Short

Fundos que, à semelhança dos Long & Short globais, fazem posições compradas e vendidas em ações e geralmente mantém a carteira neutra, ou seja, o valor comprado é igual ao valor vendido.

Macro

Fundos que, a partir de análises macroeconômicas, tomam posições direcionais compradas ou vendidas em diversos ativos e com prazo de maturação dos investimentos mais longo.

Multi Estratégia

Fundos que têm a possibilidade de alocar seus recursos nas demais estratégias aqui listadas, independentemente da classe de ativos.

Trading

Fundos que, à semelhança dos fundos macro, realizam posições direcionais nos diversos mercados, porém, com prazos de duração muito mais curtos, podendo fazer day-trades (compra e venda no mesmo dia).

* André Delben Silva é sócio responsável pela gestão da Advisor Asset Management.