Anunciantes ainda contam com o poder da TV

Investimentos publicitários para televisão saíram de 37% em 2005 para 40,7% em 2010

São Paulo – Apesar da forte concorrência e previsões por vezes apocalípticas, a TV ainda é a grande aposta dos anunciantes. Segundo as discussões no painel de abertura da 38ª conferência anual da UBS de mídia global e comunicações, que está sendo realizada em Manhattan, a estimativa é que o meio continue ganhando espaço no mercado geral de anúncios.

Durante o evento, Steve King, presidente-executivo da divisão de mídia ZenithOptimedia do Publicis Groupe, apontou que os investimentos publicitários para televisão saíram de 37% em 2005 para 40,7% em 2010, e que em 2011 os números continuarão crescendo. O executivo não foi o único a fazer previsões. De acordo com Adam Smith, diretor de futuros do GroupM, “a TV obterá quase metade de todo crescimento no próximo ano”.

Smith informou que o número de telespectadores está aumentando graças a pessoas que cada vez mais estão assistindo certos programas, para compartilhar comentários com amigos e parentes em tempo real, em redes sociais como Facebook e Twitter.  “A história de sucesso, talvez de forma surpreendente, tem sido a televisão”, completou King.

Os profissionais concluíram ainda que 2010 irá terminar com um aumento mundial em gastos em anúncios em comparação ao ano passado, e que o próximo ano chegaria recheado de bons números. A previsão dos executivos é que o crescimento em 2011 fique entre 4,6% e 5,8%.

Com informações do The New York Times.