Ação pergunta se Chapeuzinho Vermelho é pior que uma arma

A resposta pode até parecer óbvia, mas a realidade mostrada pela Grey para a campanha da Moms Demand Action For Gun Sense In America é surpreendente

São Paulo – Na sua opinião, o que é mais perigoso, a história de Chapeuzinho Vermelho, jogar queimada – ou dodgeball – e um Kinder Ovo ou um armamento pesado? A resposta é bastante óbvia, mas por incrível que pareça é a história infantil, o jogo e o chocolate que foram banidos nos Estados Unidos, enquanto as armas continuam presentes no cotidiano da maior parte dos cidadãos.

E é isso o que mostra a campanha que a Grey criou para a Moms Demand Action For Gun Sense In America, entidade que defende uma legislação visando um controle maior e melhor das armas.

A série impressa conta com três imagens que mostram, em cada uma delas, duas crianças segurando os objetos em questão, sob um título que diz:

Uma criança está segurando algo que foi banido na América para protegê-las. Adivinhe qual.

Chapeuzinho Vermelho foi banido porque a menina levava vinho na cesta para a vovó. Queimada, por ser considerado um jogo muito violento. E Kinder Ovo, em nome da segurança das crianças.

A campanha também conta com um comercial forte e ao mesmo tempo muito triste. A imagem mostra uma arma sendo disparada e cada bala com o nome de uma cidade onde ocorreram tragédias causadas por atiradores, como Columbine, Aurora e Newtown, para citar algumas. Enquanto isso, ouvimos a voz de pessoas falando a respeito, inclusive pais de vítimas.

Enfim, é uma campanha forte e ao mesmo tempo triste, mas que esperamos ser eficiente para evitar outras tragédias.,