A música mais cara do mundo pode custar a sua vida

Campanha produzida pela Ogilvy & Mather mostra consequências da distração no trânsito

São Paulo – No ano passado, a canção “Lika a Rolling Stone”, de Bob Dylan, foi leiloada por US $ 2 milhões, batendo todos os recordes e se tornando a canção mais cara da história.

A música de Dylan pode ser a mais cara para o mercado, mas não para a Dirección General de Tráfico, uma espécie de DETRAN da Espanha. O órgão lançou uma campanha para mostrar qual é realmente a canção mais do mundo.

O que uma organização de trânsito pretende com isso? Mostrar que a distração no trânsito, nem que seja o mínimo descuido só para trocar de música, pode trazer consequências que dinheiro nenhum no mundo pode reparar.

Com a ajuda da Ogilvy & Mather, a campanha conta com um impactante vídeo que resume em um minuto qual o preço a se pagar pelo distração no trânsito.

Além do vídeo, a campanha conta com o site de conscientização “Los objetos más caros del mundo”.

Confira: