Por duplicação, Abertis acerta prorrogar concessão da SP-318

Em troca da prorrogação, acordada com a Artesp, a Abertis investirá 30 milhões de euros na duplicação de em um trecho de 14 quilômetros da rodovia

Barcelona, 18 set (EFE).- A empresa espanhola de infraestruturas Abertis anunciou nesta quinta-feira que conseguiu prorrogar por seis meses, até maio de 2019, a concessão da rodovia SP-318, que liga a cidade de São Carlos a Ribeirão Preto.

Em troca da prorrogação, acordada com a Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp), a Abertis investirá 30 milhões de euros (R$ 91 milhões) na duplicação de em um trecho de 14 quilômetros da SP-318, entre os quilômetros 235 e 249.

No comunicado divulgado hoje, o grupo espanhol explicou que o investimento será feito através da Rodovias, sua filial no Brasil.

A previsão é que as obras sejam concluídas em junho de 2016, beneficiando mais de 1,5 milhões de pessoas nas regiões de São Carlos, Araraquara e Ribeirão Preto.

A Abertis considera que este acordo é um ‘exemplo que pode marcar futuras negociações com as administrações’.

No Brasil, o grupo espanhol opera nove concessões de estradas, com extensão de 3.226 quilômetros, pouco menos da metade dos 7.300 quilômetros de estradas que a Abertis administra em 14 países, incluindo Chile, Argentina, Colômbia, Bolívia, México e Estados Unidos. EFE