Mais que histórias

Com a meta alcançada de 100 livros lidos por suas crianças, a Pró-Saber SP ganhou o prêmio de melhor projeto do VOA, programa da Ambev de apoio às ONGs

Voluntários e apoiadores da ONG Pró-Saber recebem o prêmio de melhor projeto VOA pelas mãos de Bernardo Pinto Paiva, presidente da AMBEV

Voluntários e apoiadores da ONG Pró-Saber recebem o prêmio de melhor projeto VOA pelas mãos de Bernardo Pinto Paiva, presidente da AMBEV (Diogo Moreira/Divulgação)

Lançado há um ano, o programa VOA, idealizado pela AMBEV com o objetivo de compartilhar conhecimento de gestão e estratégia com organizações não governamentais de todo o Brasil, comemorou seu aniversário premiando a ONG de melhor desempenho da temporada. A Pró-Saber SP, que assiste diariamente dezenas de crianças e adolescentes entre 4 e 17 anos da comunidade de Paraisópolis, em São Paulo, foi a mais bem avaliada entre as 185 organizações que participaram do programa.

A meta era atingir a marca de 100 livros lidos pelas crianças atendidas dentro do projeto Pró-Saber Ler & Brincar durante o ano. Para alcançar o resultado, a ONG contou com a mentoria de profissionais voluntários da AMBEV, o que está previsto dentre as diversas ações do VOA.

Criança atendida pela Pró-Saber SP, em Paraisópolis. A ONG bateu a meta de 100 livros lidos por seus jovens em um ano

Criança atendida pela Pró-Saber SP, em Paraisópolis. A ONG bateu a meta de 100 livros lidos por seus jovens em um ano (Diogo Moreira/Divulgação)

“O sonho da Pró-Saber é que onde tenha criança, tenha educação. E isso tem tudo a ver como nossa vontade de estarmos em todos os cantos do país, levando não apenas nossos produtos como também nosso conhecimento em gestão para ajudar a impactar positivamente a sociedade”, diz Bernardo Pinto Paiva, presidente da AMBEV.

Além desse evento, a empresa organizou no dia 1 de dezembro o Dia do VOA em diferentes cidades do país, quando voluntários da companhia se uniram para realizar pequenas reformas e pinturas, além de atividades recreativas e doações de brinquedos e livros.

 (estudio ABC/Divulgação)

Na cidade de Poá, na grande São Paulo, o Dia do Voa reuniu funcionários e executivos da AMBEV para uma visita à Gerando Falcões, ONG criada há 5 anos por Eduardo Lyra e que atende crianças e jovens de quatro comunidades da região, oferecendo atividades culturais e esportivas além de capacitação para prepará-los para o mercado de trabalho. Considerado o programa-piloto do VOA, a organização foi a primeira a receber mentoria da AMBEV no final de 2017 e os resultados são excelentes. “No primeiro trimestre de 2018 já tínhamos superado o desempenho de todo o ano anterior”, comemora Lyra, que em 2019 planeja expandir a atuação da Gerando Falcões para outros Estados.

Voluntários da Ambev visitaram a ONG Gerando Falcões, em Poá, onde realizaram atividades culturais com a participação do atleta Flavio Canto, do Instituto Reação

Voluntários da Ambev visitaram a ONG Gerando Falcões, em Poá, onde realizaram atividades culturais com a participação do atleta Flavio Canto, do Instituto Reação (Tulio Vidal/Divulgação)

 

 

 

*A repórter Fernanda Cury colaborou na reportagem

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s