Dólar em baixa não evita queda de futuros de petróleo

Queda da moedanão está sendo suficiente para ajudar a reverter perdas que o petróleo começou a mostrar há três meses e meio, segundo analistas do Commerzbank

Londres – Os futuros de petróleo operam em baixa em Londres e Nova York nesta quinta-feira, 09, apesar da desvalorização do dólar em relação a outras moedas principais.

A moeda norte-americana está mostrando tendência de queda desde a quarta-feira, 08, quando o Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) demonstrou preocupação, na ata de sua última reunião de política monetária, sobre o impacto do dólar nas exportações e na economia dos EUA.

O comentário foi interpretado como um sinal de que o Fed não está com pressa de elevar as taxas de juros.

A queda do dólar, porém, não está sendo suficiente para ajudar a reverter as perdas que o petróleo começou a mostrar há três meses e meio, segundo analistas do Commerzbank.

“Para que isso aconteça, seria necessário algum tipo de catalisador – por exemplo, uma queda inesperada na oferta, comentários da (Organização dos Países Exportadores de Petróleo – Opep) sobre planos de cortes na produção ou surpresas positivas no lado da demanda”, comentou o banco alemão.

“Apenas um dólar mais fraco provavelmente não é suficiente.”

Às 9h18 (de Brasília), o Brent para novembro caía 0,71%, a US$ 90,73 por barril, na plataforma eletrônica ICE, em Londres, enquanto o petróleo para o mesmo mês negociado na Nymex recuava 0,59%, a US$ 86,87 por barril.

Fonte: Dow Jones Newswires.