82% dos consumidores reduziram consumo de água em abril

Sabesp atribui redução à programa de incentivo para diminuir o consumo de água

São Paulo – O programa de bônus da Sabesp para incentivo à redução do consumo de água manteve em abril o nível de adesão de 82%, idêntico ao porcentual registrado em março e o mais alto desde o início da concessão do benefício, em fevereiro do ano passado.

Outros 11% não diminuíram o volume de água consumido em relação ao período de fevereiro de 2013 e janeiro de 2014 e pagaram a multa (tarifa de contingência).

Os 7% restantes se referem a consumidores cadastrados em tarifa social ou consome o volume de mínimo (de 10 mil litros no mês), para os quais não há cobrança de ônus.

Dos 82% que reduziram seu consumo, 72% efetivamente ganharam o bônus – a maior parte, 62%, diminuiu seu gasto de água em mais de 20% e obteve o desconto de 30% na conta. Os demais 10% diminuíram o consumo em menos de 10%, o que não foi suficiente para receber o bônus.

A Sabesp destacou que o programa resultou na economia média de 6,2 mil litros por segundo de água no mês passado. O volume é suficiente para abastecer cerca de 1,9 milhão de pessoas.

A economia, em quantidade, foi ligeiramente maior que a registrada em março, de 6,1 mil litros na Grande São Paulo.