Yannick Alleno é eleito chef do ano pelo guia Gault & Millau

O chefe francês, do restaurante Ledoyen, foi eleito "chef do ano" pelo guia Gault et Millaut

Paris – O chefe francês Yannick Alleno, do restaurante Ledoyen, em Paris, foi eleito “chef do ano” pelo guia Gault et Millaut, cuja edição 2015 será publicada nesta quarta-feira.

Alleno, de 45 anos, é um especialista da cozinha “terroir”, elaborada com produtos autênticos regionais.

Tornou-se famoso por seus molhos e “extrações”, uma técnica que utiliza o líquido do alimento para preparar um prato.

Em 2008, o ex-chefe do hotel Meurice de Paris foi nomeado “Chef do Ano” por seus pares, título concedido por mais de 6.000 chefs franceses reunidos pela revista profissional Le Chef.

“Arquétipo do grande chef francês, Yannick Alleno honra as cores da cozinha gaulesa em pleno renascimento”, declarou Côme Chérisey, diretor do Gault et Millau, guia de referência gastronômica juntamente com o Michelin.

Alleno também dirige atualmente outros restaurantes, incluindo “Cheval Blanc” de Courchevel, “Terroirs parisiens” na capital francesa, “Royal Mansour” em Marrakech e “One & Only Palm” em Dubai.

O prêmio “é um enorme incentivo para continuar fazendo uma culinária diferente e cada vez mais exigente.

Os guias nos ajudam a crescer”, disse Yannick Alléno à AFP.

“Segui uma trajetória muito clássica com chefs extraordinários. Defino-me como um cozinheiro francês. Amo meu país”, ressaltou. “Ao contrário do que muitos dizem, a cozinha francesa segue viva e é muito dinâmica”.

Segundo guia gastronômica francês em importância depois do Michelin, Gault & Millau vende anualmente 40.000 exemplares.

A edição 2015 reúne 3.500 restaurantes, incluindo 700 novos.