Volkswagen revela mais detalhes do novo Golf

Modelo será mais leve que a geração atual do hatchback

São Paulo – A sétima geração do Golf será 100 quilogramas mais leve que o modelo vendido na Europa atualmente. Segundo informações divulgadas pela Volkswagen, a carroceria do hatchback usará um tipo de metal mais resistente para minimizar a quantidade de matéria-prima utilizada na construção do veículo.

A montadora afirmou que a nova plataforma modular a ser aproveitada pelo Grupo VW, chamada pelo codinome MQB, será empregada em mais de 40 modelos de pequeno e médio portes produzidos por todas as marcas do conglomerado alemão.

Com esta decisão, a Volkswagen espera reduzir os custos de produção de automóveis em 20%, além de diminuir o tempo de manufatura em 30%. Tais economias devem ser aproveitadas no desenvolvimento de novas tecnologias de entretenimento móvel e nos projetos das futuras gerações de modelos VW.

A nova geração do Golf será revelada no dia 4 de setembro, em evento a ser realizado na cidade de Berlim, na Alemanha. A montadora ainda não revelou em quais mercados o novo Golf será comercializado e nem a partir de quando o carro chega aos Estados Unidos. No Brasil, rumores dão conta de que o Golf VII pode ser importado diretamente do México, aproveitando-se do acordo comercial firmado entre os países.

Outra possibilidade seria fabricá-lo na planta de São José dos Pinhais (PR), embora esta alternativa pode ser descartada por conta da exigência imposta pelo sindicato dos funcionários do estado, que estariam exigindo exclusividade na produção do Golf nas Américas.