Vídeo reúne referências escondidas em filmes da Marvel. Veja

MTV americana compilou cenas de filmes da editora que trazem surpresas para os fãs dos quadrinhos

São Paulo – Os filmes baseados nas histórias em quadrinhos da Marvel costumam trazer pequenos tesouros escondidos para os fãs mais atentos. Mas essas referências que, até pouco tempo atrás, eram privilégio de um clube restrito de leitores detalhistas foram identificadas e compiladas em um vídeo produzido pela MTV americana. 

Narrado em inglês pelo apresentador Josh Horowitz, o trabalho “mastiga” informações inseridas sutilmente pelos estúdios Marvel, que dialogam com os gibis e outras produções realizadas desde 2008.

Entre os achados está o escudo do personagem Capitão América, que aparece no cenário do filme “Homem de Ferro” (2008). O que poucos sabem é que o pai do herói Tony Stark, Howard, está diretamente ligado à criação da tecnologia e do uniforme do super soldado.

No mesmo longa-metragem, durante um confronto do Homem de Ferro com o vilão Monge de Ferro, aparece o nome da Roxxon Corporation, no letreiro de um prédio. Essa empresa é uma tradicional inimiga do mocinho Tony Stark e, como o enredo dos quadrinhos mostra, está por trás da morte de seus pais.

O criador de HQ Stan Lee é outro brinde que vários filmes da Marvel guardam. Em “Homem de Ferro” (2008), ele é confundido com o criador da revista Playboy Hugh Hefner.

Em “O Incrível Hulk” (2008), aparece bebendo em uma garrafa com sangue do herói. Já em “Thor” (2011), Lee dirige a caminhonete para tentar desenterrar o martelo do personagem, entre outras participações.

E o que seria uma simples pizzaria cenográfica em “O Incrível Hulk” é uma brincadeira com o nome do escritor. O letreiro mostrou a palavra “Stanley’s”, mas a leitura mostra claramente que, por trás disso, está “Stan Lee’s”.

Outra cena da produção “Capitão América: O Primeiro Vingador” também traz uma referência que só aficionados em quadrinhos poderiam reconhecer. O momento em que o herói, durante uma apresentação, dá um soco em um ator vestido de Hitler é, na verdade, uma alusão à capa da primeira edição da revistinha, de 1941.

Confira a seguir o vídeo com todas as referências recolhidas.