Veja alguns detalhes do “relógio mais complicado do mundo”

A relojoaria Vacheron Constantin liberou algumas informações preliminares sobre o modelo

São Paulo – O dia 17 de setembro marca a celebração dos 260 anos da Vacheron Constantin. Para a data, a relojoaria sediada em Genebra, na Suíça, promete apresentar o que chama de “o mais engenhoso e sofisticado relógio mecânico já feito”.

Se antecipando ao lançamento oficial, a Vacheron liberou algumas informações preliminares sobre o modelo para um pequeno número de publicações especializadas em relojoaria ao redor do mundo.

Nosso parceiro de conteúdo WatchTime.com foi um deles e você acompanha com exclusividade no WatchTime Brasil. O texto original é de Joe Thompson, editor-chefe da revista WatchTime dos Estados Unidos.

Tudo o que sabemos até o momento é que o modelo possui dois mostradores e foi fabricado inteiramente in-house por três relojoeiros que trabalharam por oito anos em cima do projeto. O relógio foi encomendado por um colecionador que não foi identificado.

Ele incorpora “complicações inteiramente novas e originais, que representam os avanços técnicos mais significativos na relojoaria em tempos modernos. Elas tiveram de ser projetadas e calculadas a partir do zero, resultando na criação de um calibre completamente novo, jamais visto antes”, informa a relojoaria.

A peça foi chamada como Grand Oeuvre.

Uma das complicações foi obtida com exclusividade pelo WatchTime. É um mecanismo duplo de calendário que a Vacheron inventou para a função de calendário perpétuo do modelo.

Ele apresenta a data para dois sistemas diferentes de calendário: o gregoriano, que enfatiza os meses e os dias; e o calendário de negócios ISO (Organização Internacional de Padrões) 8601, que enfatiza o número de semanas do ano.

Outra função incomum do calendário trata-se de um calendário de estações do ano e uma escala astronômica na borda de um dos dials principais.

A escala possui três anéis: uma para meses e dias, um para períodos de constelação do zodíaco e um para as estações do ano”. Ela ainda permite o cálculo da variação dos dias de equinócio.

A marca não especifica o número de novas complicações. Diz apenas que são diversas. É provável que sejam mais de 16, já que Tour de I’lle, o modelo que celebrou os 250 anos da relojoaria, possuía este número.

A marca se refere ao novo modelo como “Grand Oeuvre”, o “relógio mais complicado” e o caracteriza como “um relógio com inovação técnica e complicações inimagináveis até agora”.

Tantos superlativos dão a entender uma importância maior que o modelo apresentado dez anos atrás.

A adição do calendário ISO 8601 é classificado pela maison como um “primeiro significante”. Este modelo é usado essencialmente pelo setor financeiro internacional e evita confusões causadas por convenções numéricas diferentes de escrita ao redor do mundo.

Quando o modo do ISO 8601 é empregado, o número da semana dentro do ano e o número do dia dentro de uma semana tem prioridade sobre o modo tradicional americano, em que o mês precede a data.

O número da semana é lido no mostrador concêntrico à indicação de mês. O número do dia da semana dentro dela é apresentado em uma janela imediatamente acima do mostrador da semana. O número 1 indica segunda-feira e o dia 7 indica domingo.

O mecanismo do calendário duplo da Vacheron Constantin possui duas funções separadas, mas com opção de integração.

No modo gregoriano, o dia do mês é dado por um mostrador retrógrado, os meses em um anel interno e a indicação de ano bissexto em uma janela acima do calendário.

Há ainda muito por vir para esta nova peça e a relojoaria não esconde seu entusiasmo. Eles afirmam que a pesquisa e as habilidades aplicadas a estas novas complicações “podem ser consideradas a maior contribuição para o avanço da relojoaria mecânica desde a década de 1920”.

De acordo com a marca, o relógio “toma o seu lugar como um dos maiores objetos feitos pelo homem no mundo”.

Acompanhe o WatchTime Brasil ao longo dos próximos meses para saber de mais detalhes sobre esta grande invenção da Vacheron Constantin.