Urwerk lança seu primeiro relógio feminino

A marca não apostou em modelos simplificados, mas sim em peças para elas

São Paulo – Conhecida por seus relógios de engenharia sofisticada, mas essencialmente masculinos, a relojoaria suíça Urwerk resolveu sair da sua zona de conforto.

Ao contrário do que você pensa, a marca não apostou em modelos simplificados, mas sim em peças para elas. O primeiro relógio da linha a receber feminilidade foi UR-106, que ganhou o complemento “Lotus”, em seu nome.

De acordo com Martin Frei, co-fundador da empresa e designer, o relógio foi trabalhado para ter seus traços assemelhados à flor de lotus, que “representa a beleza da mulher em toda a sua complexidade”.

Com isso, duas peças foram apresentadas. A primeira delas é feita em titânio e a outra em aço. Ambas contam com diamantes em seu bisel, coroa e fecho.

Já a exibição de horas é relativamente simples, uma vez entendido o funcionamento do relógio. A peça é composta por três ponteiros orbitais, cada um deles com quatro facetas de números diferentes.

A passagem destes ponteiros na porção inferior do mostrador realiza, simultaneamente, a indicação de horas e minutos. A região de 6 horas do mostrador apresenta, ainda, indicação de fases da lua.

Estas informações são entregues pelo calibre de corda automática UR 6.01, que proporciona 48 horas de reserva de energia. Ambas as caixas protegem o movimento a até 30 metros sob a água.

Os modelos são finalizados por uma pulseira de couro de crocodilo. Cada versão será limitada a apenas 11 unidades.

A marca não possui representação no Brasil.