Três lugares maravilhosos para esquiar na próxima temporada

As melhores estações de esqui estão lançando melhorias nas montanhas e nos alojamentos luxuosos perto das pistas, e não faltam opções para todos os gostos

Neste ano, algumas das melhores estações de esqui do mundo estão lançando uma avalanche de melhorias nas montanhas e nos alojamentos luxuosos perto das pistas.

Reunimos algumas das ofertas mais empolgantes para a temporada 2017-2018 e classificamos cada uma de acordo com recomendações baseadas em distintas personalidades, com ajuda dos especialistas em esqui da Bloomberg e de Dan Sherman, executivo da Ski.com.

Nosso objetivo é garantir que você possa aproveitar ao máximo o tempo que pretende passar nas pistas, indo para um destino ideal para você.

Melhor para quem busca luxo: Megève, França

Vila de Megeve, nos Alpes Franceses Vila de Megeve, nos Alpes Franceses

Vila de Megeve, nos Alpes Franceses (vwalakte/Thinkstock)

O resort francês sempre foi um bastião do luxo do Velho Mundo, repleto de casacos de pele e de carruagens pintadas à mão e puxadas por cavalos no sopé do Monte Branco.

Após um investimento de 300 milhões de euros (US$ 354 milhões), a cidade ganhou uma atualização do século 21. Gôndolas de alta velocidade conectam distintos picos, tornando a aventura de um dia inteiro ainda mais emocionante.

E a pista de tobogã mais longa da Alta Saboia acaba de abrir, junto com duas “zonas de diversão” para crianças e o maior complexo de bem-estar dos Alpes, com piscinas terapêuticas para ajudá-lo a se recuperar de um dia nas pistas.

Em dezembro abrirá as portas o Four Seasons, de 69 quartos, construído em colaboração com Benjamin e Ariane de Rothschild, cuja família ajudou a estabelecer Megève como um elegante playground de inverno.

O hotel tem grandes ambições: importou o gerente-geral do hotel George V de Paris, além do restaurante com duas estrelas Michelin Le 1920, antigamente patrimônio de Rothschild.

Melhor para quem esquia em família: Lech, Áustria

Lech, na Áustria Lech, na Áustria

Lech, na Áustria (ah_fotobox/Thinkstock)

Considerando a imprevisibilidade da queda de neve nos últimos invernos, a região de Lech tem uma vantagem significativa: esse resort no oeste da Áustria é sempre um dos lugares mais nevados da Europa.

E agora que um sistema de bonde panorâmico conecta Lech a seis picos vizinhos de Arlberg, incluindo St. Anton e Zürs, o terreno para esquiar nas redondezas é um dos maiores do mundo.

Para as famílias, há grandes vantagens. Chalés ficam perto dos pontos de esqui, então é fácil entrar e sair da montanha sem ter que carregar vários conjuntos de equipamentos; a escola de esqui é considerada uma das melhores do mundo para crianças, com aulas para jovens esquiadores de apenas três anos de idade; e as amplas pistas são agradáveis e bem preparadas.

Melhor para quem é viciado em aventura: Taos, Novo México, EUA

Vale de Taos, no México Vale de Taos, no México

Vale de Taos, no México (RoschetzkyIstockPhoto/Thinkstock)

As Montanhas Rochosas se unem à cultura de povoado nesta parte despovoada do norte do Novo México que há muito tempo está na lista dos aventureiros por suas pistas desafiadoras e suas paisagens estonteantes. Agora Taos está melhor do que nunca, após uma injeção de US$ 300 milhões, cortesia do bilionário conservacionista Louis Bacon.

O clima alternativo do sudoeste e o terreno desafiador não desapareceram, mas o Blake, um hotel de 80 quartos com detalhes inspirados nos índios americanos e acesso direto à pista de esqui, oferece um local agradável para descansar a cabeça.

E se você estiver viajando com uma companhia menos aventureira, uma nova gôndola vai direto de uma área tranquila para iniciantes até o coração da cidade — uma mudança radical para um destino famoso por atrair aventureiros dispostos a subir as pistas caminhando para depois descer esquiando.

Bônus: os novos donos fizeram de tudo para transformar o lugar em um emblema da eficiência energética, e esta é a primeira estação de esqui certificada pela BCorporation.

Este conteúdo foi publicado originalmente no site da Bloomberg.