Três atletas russos são suspensos por passaporte biológico

Os três foram suspensos até o fim de janeiro 2015

Paris – Três atletas russos foram punidos com dois anos de suspensão depois que foram acusados de doping pelas variações anormais em seus passaportes biológicos, anunciou a Federação Internacional de Atletismo (IAAF).

Além de Olesya Syreva, prata nos 3.000 metros do Campeonato da Europa indoor de 2011, que teve o caso anunciado no início do mês pela federação russa, Yulia Rusanova, bronze nos 800 metros no mesmo evento, e o maratonista Mikhael Lemaev foram traídos por anomalias observadas em seu perfil.

Os três foram suspensos até o fim de janeiro 2015.