“Três Anúncios para um Crime” é maior vencedor de premiação SAG

O filme da Fox Searchlight sobre uma mulher furiosa buscando justiça pelo assassinato de sua filha venceu a categoria de Melhor Elenco

Los Angeles – A comédia “Três Anúncios para um Crime” venceu três categorias na premiação Screen Actors Guild (SAG) no domingo, em uma cerimônia marcada por mulheres e suas histórias em meio ao escândalo de assédio sexual que abalou Hollywood.

O filme da Fox Searchlight sobre uma mulher furiosa buscando justiça pelo assassinato de sua filha venceu a categoria de Melhor Elenco, maior prêmio do SAG.

Frances McDormand venceu o prêmio de Melhor Atriz e Sam Rockwell levou para casa a estatueta de Melhor Ator Coadjuvante por seus papeis no filme.

O britânico Gary Oldman venceu a categoria de Melhor Ator pela interpretação do líder Winston Churchill em “O Destino de uma Nação”, da Focus Features.

Allison Janney recebeu o prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante por seu papel como uma mãe exigente no filme independente sobre patinação no gelo “Eu, Tonya”.

A premiação SAG é indicadora de possível sucesso no Oscar, que acontecerá em março, porque atores formam o maior grupo de eleitores na Academia de Artes e Ciências Cinematográficas.

Os indicados ao Oscar serão anunciados na terça-feira.

A cerimônia do SAG aconteceu após dois dias de marchas de centenas de milhares de mulheres nos Estados Unidos.

A apresentadora da cerimônia Kristen Bell disse que mulheres estão passando por um “momento decisivo”.

“Vamos garantir que sejamos líderes com empatia e cuidado porque medo e raiva nunca vencem a corrida”, disse Bell, estrela da série “The Good Place”.

Acusações de assédios e abusos sexuais forçaram dezenas de homens poderosos em Hollywood a renunciarem, serem demitidos ou abandonarem projetos criativos.

Mulheres, muitas delas atrizes, responderam ao quebrar o silêncio através do movimento #MeToo (EuTambém) nas redes sociais e com a campanha Time’s Up para apoio legal a vítimas.

No tapete vermelho, mulheres trocaram os vestidos pretos usados no Globo de Ouro, há duas semanas, para marcar apoio às vítimas de assédio sexual, por tons azuis, verdes e metálicos mais vivos.

Mulheres foram o tema dominante dentro do Shrine Auditorium.

Nicole Kidman, de 50 anos, venceu por interpretar uma esposa vítima de agressão na série da HBO “Big Little Lies”.

“O quão maravilhoso é que nossas carreiras hoje possam ir além dos 40 anos de idade. Há vinte anos nós estávamos basicamente arruinadas neste momento de nossas vidas. Este não é o caso agora”, disse Kidman.

Aziz Ansari, indicado por sua série de comédia na Netflix “Master of None”, não compareceu à cerimônia de domingo após uma mulher descrever ter se sentido violentada após um encontro estranho com o ator no ano passado. Ansari disse acreditar que a atividade sexual foi consensual.

Ansari perdeu sua estatueta de Melhor Ator em comédia para TV para William H. Macy, de “Shameless”.