Tratamento de suporte renal de Pelé será interrompido amanhã

Hospital Albert Einstein, onde o "Rei" está internado há seis dias, informou que hemodiálise será interrompida amanhã

São Paulo – O Hospital Israelita Albert Einstein, onde Pelé está internado há seis dias devido a uma infecção urinária, informou neste sábado que o tratamento de suporte renal ao qual o ‘Rei’ está sendo submetido será interrompido neste domingo.

‘O tratamento de suporte renal (hemodiafiltração veno-venosa contínua) continuará sendo administrado até amanhã (domingo) cedo, sendo, então, pausado’, comunicou o hospital no segundo boletim médico divulgado neste sábado.

Mais cedo, o centro médico disse que Pelé apresenta uma boa evolução, mas continua na unidade de terapia intensiva, para a qual foi levado na noite da última quinta-feira.

O ídolo, de 74 anos, foi internado na última segunda para um tratamento por uma infecção urinária no hospital particular no Morumbi, na zona sul de São Paulo. O novo quadro foi detectado quando o ‘Rei’ foi ao local para uma reavaliação de uma cirurgia à qual foi submetido no dia 13 deste mês, para extrair cálculos renais, uretrais e vesiculares.