Transforme o passeio com seu cão em uma sessão de malhação

O preparador físico Felipe Kutianski indica quatro exercícios para você fazer com o seu melhor amigo, independente da hora do dia

malhação cachorro vip

 (Reprodução/Divulgação)

Seus parceiros de treino costumam dar mancada com você? Pois troque de parceiro. Este que propomos é 100% fiel: seu cão. Em vez de apenas sair para passear com ele, que tal usá-lo em sessões de malhação?

Especialistas estimam que entre 30% e 45% dos animais domésticos brasileiros estão com sobrepeso.

E isso é reflexo principalmente do estilo de vida dos donos – se você é sedentário e tem uma alimentação desequilibrada, isso provavelmente vai acontecer com seu melhor amigo.

O benefício, portanto, é mútuo. Além de você gastar mais calorias e conseguir trabalhar grupos específicos de músculos, o cachorro também ganha – ou melhor, perde (peso).

O preparador físico Felipe Kutianski, da marca de acessórios funcionais Ziva Brasil, sugeriu, a nosso pedido, alguns exercícios que podem ser feitos com seu cachorro.

Antes, porém, de sair para malhar com ele, não se esqueça de consultar o veterinário.

Corrida com cinto de tração

Para donos de cães cheios de energia
Prenda o animal em sua cintura: use uma cinta de corrida atada a um cinto de tração – por sua vez, preso à coleira. Dependendo do condicionamento, alterne corrida com caminhada. Crie uma distância segura entre você, o cão e os demais corredores.

fit4 Ilustração: Rodrigo Damati

Ilustração: Rodrigo Damati (Divulgação/)

Agachamento na plataforma estável

Para donos de cães treinados de médio a grande porte
Fique em cima de um bosu e faça agachamentos dinâmicos ou isométricos segurando o cão na coleira enquanto ele corre ao seu redor. Alterne o braço da coleira e fique passando-a ao redor do corpo, para deixar o cachorro em atividade.

fit2 Ilustração: Rodrigo Damati

Ilustração: Rodrigo Damati (Dado Galdieri/Bloomberg/)

Burpee com bola de reação

Para donos de qualquer tipo de cão
Bata uma bola de reação (aquela que tem vários gomos) no chão de um terreno estável, como uma quadra. Enquanto o cão vai atrás dela e a traz de volta, você faz burpees (mescla de agachamento, flexão dos braços e salto vertical).

fit3 Ilustração: Rodrigo Damati

Ilustração: Rodrigo Damati (Divulgação/)

Cinto de tração e estabilidade

Para donos de cachorro muito forte, tipo pitbull
Com a cinta de tração presa em você e no cão, jogue algo para ele pegar e tente ficar parado o máximo que conseguir para fazer uma força de resistência. “O cão vai fazer força para arrastar você, e o trabalho físico é manter-se estabilizado.”

fit1 Ilustração: Rodrigo Damati

Ilustração: Rodrigo Damati (Divulgação/Facebook/)