Tênis de couro ou lona branco são o hit da temporada

Alvo nos pés e nada de usar modelos sujos. Quanto mais limpo, melhor

O ano de 2015 mal começou e e não para de pipocar novidade no mundo dos tênis. A Reebok lançou uma série especial de couro, em preto e marrom, para o inverno e a Nike aproveitou e seguiu a mesma linha, relançando o Dunk — em comemoração aos 30 anos do calçado — com o mesmo tecido.

Olivia Hanssen, editora de moda da VIP, apostou nos calçados brancos, de lona ou couro, para a estação e escolheu alguns modelos para você. Veja abaixo:

Chuck Taylor all star, Converse
2

Criado em 1917, foi o primeiro tênis de performance para basquete do mundo. Charles “Chuck” Taylor, ícone do esporte naquele tempo, introduziu novas ideias ao All Star, por isso o modelo tem o seu nome.
$$$: R$ 100

STAN SMITH, Adidas
3

Em 1965, revolucionou a indústria de sapatos esportivos por ser o primeiro a usar o couro como material. Recebeu seu nome em 1971, quando o jogador de tênis Stan Smith ganhou o prêmio de melhor do mundo.
$$$: R$ 300

2750 Classic, Superga
superga

Criado em 1925, foi pioneiro no ramo de calçados vulcanizados, considerados modernos na época. O modelo original era branco e unissex, exatamente como nos dias de hoje. Virou ícone da cultura e da moda italiana.
$$$: R$ 220

AIR FORCE 1, Nike
nike

Desenvolvido nos anos 1980 para o jogador Moses Malone, do Philadelphia 76ers, foi o primeiro tênis de basquete a usar tecnologia Air que reduzia bastante o impacto durante o jogo.
$$$: R$ 350

Além dos destaques, nossa editora de moda separou mais quatro modelos:

1 1. Diesel (R$ 600) // 2. Coca-Cola Shoes (R$ 160) // 3. Osklen (R$ 297) // 4. Reebok (R$ 200)

1. Diesel (R$ 600) // 2. Coca-Cola Shoes (R$ 160) // 3. Osklen (R$ 297) // 4. Reebok (R$ 200) (Wikimedia Commons/ André Frantz/)

 Quatro dicas para o branco

O jeito novo de usar pede atenção ao estilo e à conservação:

#01 – A bola da vez agora são aqueles modelos completamente brancos e impecáveis, isso vale tanto para modelos de lona ou de couro. Depois de dar uma volta com o seu, passe um pano úmido e tire qualquer sujeira com uma escovinha e um pouco de sabão de coco.

#02 – A internet está lotada de vídeos de pessoas lavando os seus em máquina de lavar. Se for fazer isso, tire os cadarços e as palmilhas antes e coloque-os dentro de um saco de tecido. Mas vale lembrar que as marcas não recomendam esse tipo de lavagem.

#03 – Quer evitar o desgaste precoce do seu pisante? Intercale seus dias de uso. Infelizmente ainda não inventaram um modelo que sobreviva ao uso contínuo. Na hora de guardá-lo no armário, verifique se está completamente seco para evitar fungos e chulé.

#04 – Sem invencionismo na hora de colocar os cadarços. A maneira mais cool é aquela em que eles não estão cruzados no topo da língua. Na hora de amarrar, um laço comum basta. Se preferir uma proposta ainda mais minimalista, guarde as pontas dentro dele.