Tela de Klimt leiloada por US$ 40 milhões

A pintura foi roubada pelos nazistas e devolvida este ano à família proprietária da obra

Nova York – Uma tela do pintor Gustav Klimt, que foi roubada pelos nazistas e devolvida este ano à família judaica proprietária, foi leiloada por 40,4 milhões de dólares na noite de quarta-feira na Sotheby’s de Nova York.

A pintura “Litzlberg am Attersee” superou amplamente o valor inicial de 25 milhões de dólares previsto pelo organizador do leilão de arte moderna e impressionista.

A tela, que exibe uma cena pastoral, foi roubada após a anexação alemã da Áustria em 1938. O quadro foi devolvido há poucos meses a George Jorisch, neto da proprietária da obra antes do roubo dos nazistas.