Técnico da Costa Rica diz temer simulação de Robben

Segundo Jorge Luis Pinto, o árbitro e a Fifa precisam estar atentos ao principal astro da Holanda

Salvador – O técnico da Costa Rica revelou nesta sexta-feira que está preocupado com o comportamento da arbitragem em relação à possíveis simulações do holandês Robben no jogo deste sábado, em Salvador, pelas quartas de final da Copa do Mundo.

Segundo Jorge Luis Pinto, o árbitro e a Fifa precisam estar atentos ao principal astro da Holanda.

“Fifa e árbitros, por favor, prestem atenção. Esse pode ser um fator crucial na partida. Isso é muito importante, a simulação de Robben. Nos deixa muito preocupados”, afirmou Jorge Luis Pinto, durante a entrevista coletiva desta sexta-feira.

Robben já causou polêmica nesta Copa do Mundo, ao admitir que simulou uma falta na área para tentar cavar um pênalti durante o primeiro tempo da vitória sobre o México pelas oitavas de final.

Depois, ele próprio sofreu o pênalti, dessa vez legítimo, que definiu o placar de 2 a 1 já aos 48 minutos do segundo tempo do jogo disputado no último domingo.

“Robben é um grande jogador, mas ele tem a péssima reputação de frequentemente se jogar no gramado”, avaliou o técnico da Costa Rica, pedindo para o árbitro dar o cartão amarelo para o holandês se ele fizer isso no jogo deste sábado.

“Seria a solução mais lógica. Ele passaria a pensar se faria algo parecido de novo, sob risco de ser expulso.”