Taylor Swift ajuda entidade que apoia vítimas de abuso sexual

Maile Zambuto, CEO da Joyful Heart Foundation, não revelou o valor dado pela cantora, mas garantiu que a doação foi "um investimento generoso"

A cantora Taylor Swift cumpriu a promessa e fez uma doação à Joyful Heart Foundation, uma organização que ajuda vítimas de agressão sexual.

Na segunda-feira, 14, a artista já havia anunciado que ajudaria alguma entidade, após vencer um processo no Tribunal contra o DJ David Mueller.

Taylor o acusava de tê-la assediado durante uma sessão de fotos em 2013.

A fundação escolhida pela cantora é comandada pela atriz Mariska Hargitay, amiga pessoal de Taylor.

"Espero que a experiência pública de Taylor – e sua decisão de falar – não só ajudem a capacitar outras vítimas para denunciar e agir, mas que também as ofereça solidariedade", disse Mariska ao Huffington Post.

Maile Zambuto, CEO da organização, não revelou o valor da transação. No entanto, ela garantiu que a doação foi "um investimento extremamente generoso no movimento pelo fim da violência sexual"