Sonic pode ser o filme de game com maior bilheteria de estreia

Depois de críticas, adiamentos e mudanças no visual, a animação entra em cartaz hoje no Brasil

São Paulo — À primeira vista, parece ser apenas a estreia de mais uma animação infantil, com interesse restrito às crianças e seus respectivos pais. Sonic: O Filme, porém, chega aos cinemas brasileiros nesta quinta-feira (e na sexta-feira nos Estados Unidos), carregado de expectativa e curiosidade.

Segundo projeções da maior parte dos analistas, o filme pode arrecadar em torno de 45 milhões de dólares no fim de semana de estreia somente nos cinemas americanos. Há quem vá além.

O site americano Deadline estima uma receita de 54,3 milhões de dólares no período. Os primeiros dias de exibição costumam ser um termômetro bastante usado na indústria de Hollywood como aferição de êxito.

Mesmo a maior cifra projetada ainda é modesta quando comparada a de Vingadores: Ultimato, que no primeiro fim de semana nas salas chegou 350 milhões de dólares nos Estados Unidos e 1,2 bilhão de dólares globalmente, a maior arrecadação da história. Mas é próxima a de outro filme recente de franquia de games, Pokémon: Detetive Pikachu, de 2019, o recorde até agora na categoria.

Se a bilheteria corresponder à expectativa, em parte poderá ser creditada a uma mudança pedida pelo público mais fiel. O trailer recebeu muitas críticas ao ser divulgado, em meados do ano passado. Os fãs não gostaram das formas alongadas e mais humanas do famoso ouriço azul.

A resposta foi imediata. “Obrigado pelo apoio. E pelas críticas”, escreveu o diretor Jeff Fowler em sua conta no Twitter. “A mensagem foi clara e em bom som… vocês não estão felizes com o design & querem mudanças. Isso vai acontecer. Todos na Paramount & Sega are totalmente comprometidos em fazer desse personagem o MELHOR possível.” As mudanças de design levaram a produção a adiar em três meses o lançamento do filme. Resta aguardar a resposta da arrecadação.

Os filmes com personagens de games evoluíram na mesma proporção dos consoles. A primeira versão de Príncipe da Pérsia foi lançada três décadas atrás, com toda a falta de recursos visuais de então.

Em 2010, o remake com Jake Gyllenhaal no papel principal arrecadou 336 milhões de dólares, tornando-se o quinto filme baseado em videogames mais visto da história. Acompanhe as maiores bilheterias globais do segmento:

  1.  Warcraft (2016) – O Primeiro Encontro de Dois Mundos– 439 milhões de dólares
  2.  Pokémon: Detetive Pikachu (2019) – 430 milhões de dólares
  3.  Rampage: Destruição Total (2018)– 428 milhões de dólares
  4. Angry Birds – O Filme (2016) – 352 milhões de dólares
  5. Príncipe da Pérsia: As Areias do Tempo (2010) – 335 milhões de dólares
  6. Resident Evil 6: O Capítulo Final (2016) – 314 milhões de dólares
  7. Battleship – A Batalha dos Mares (2012) – 313 milhões de dólares
  8. Resident Evil: Afterlife (2010) – 296 milhões de dólares
  9. Tomb Raider: A Origem (2018) – 273,5 milhões de dólares
  10. Lara Croft: Tomb Raider (2001) – 273,3 milhões de dólares