Série Dexter inspirou pelo menos três assassinos, diz estudo

Pesquisa de instituto americano de mídia afirma que Estados Unidos idolatram serial killers

São Paulo – No seriado americano que leva seu nome, Dexter Morgan é um perito forense que trabalha para a polícia de Miami. Ele usa seus conhecimentos para assassinar criminosos que a Justiça não consegue condenar. Mas o mocinho justiceiro seria, na verdade, um vilão que influencia seria killers verdadeiros. Pelo menos, é o que sustenta uma pesquisa do Culture and Media Institute.

Divulgado pelo The Hollywood Reporter, especializado em notícias da mídia em geral, o estudo afirma que Dexter é uma das maiores más influências sobre criminosos dos últimos tempos.

Segundo a pesquisa, Dexter teria inspirado “pelo menos três assassinatos brutais e uma tentativa de assassinato”. Segundo The Hollywood Reporter, para cada caso relatado, a pesquisa anexou declarações explícitas dos criminosos sobre como o programa de TV os influenciou.

Simples como ele

Um exemplo seria uma criminosa de San Diego, cujo nome não é revelado. Ela teria confessado que se inspirou em Dexter para assassinar e mutilar outra mulher em 2012. “Fiz algumas tentativas de picá-la com ferramentas, como Dexter, mas fiquei com medo do barulho alto… eu pensei… era para ser simples, como Dexter”, foi a declaração reproduzida pelo estudo e atribuída à assassina.

Segundo The Hollywood Reporter, o estudo afirma que Dexter é o melhor (ou pior) exemplo de uma verdadeira febre de programas sobre assassinos em série que inundam a TV americana nos últimos tempos.

Apenas nesta temporada, sete novas séries sobre serial killers estrearam nos Estados Unidos, elevando para 20 o total de programas com este tema em exibição no país. “Hollywood vai assumir a responsabilidade por 20 shows sobre serial killers, na próxima vez em que algum lunático matar dezenas de pessoas em uma escola?”, perguntou Dan Gainor, em declaração ao The Hollywood Reporter.

Gainor é vice-presidente do Culture and Media Institute, e um dos autores da pesquisa. “Não, eles não irão se responsabilizar, porque não são honestos”, afirmou. Além de Dexter, outras séries bastante criticadas pelo estudo são The Following (Fox), Hannibal (NBC) e Criminal Minds (CBS).