Serena Williams é a esportista do ano da Sports Illustrated

Serena foi celebrada também por seu trabalho fora das quadras, usando sua imagem para lutar por justiça racial, educação de qualidade e igualdade de gênero

A tenista Serena Williams, que conquistou três títulos de Grand Slam pela segunda vez e venceu nada menos do 53 de suas 56 partidas em 2015, foi eleita Esportista do Ano pela revista Sports Illustrated.

O título é tido como uma honraria para os esportistas americanos e a publicação é uma das mais importantes sobre esportes no planeta. Agora, Serena está oficialmente no mesmo patamar de lendas americanas vencedoras do prêmio, como Muhammad Ali (1974), LeBron James (2012), Michael Jordan (1991) e Joe Montana (1990). O que não é apenas justo, mas necessário.

Serena foi celebrada também por todo seu trabalho fora das quadras, usando a força da sua imagem para lutar por justiça racial, educação de qualidade e igualdade de gênero.

Aos 34 anos e lutando contra lesões, a atleta varreu as adversárias em diversas partidas, mostrando estar bem acima da média em sua modalidade. O ano todo foi de Serena, a líder do ranking em todas as semanas pelo segundo ano seguido.

Os três títulos de Grand Slams (Wimbledon, Roland Garros e Australia Open), garantiram ainda a aproximação ao recorde de 22 títulos de Grand Slam da alemã Steffi Graf. .

“Este ano foi espetacular”, disse ela em comunicado. “O fato de a Sports Illustrated reconhecer meus esforços, minha dedicação e minha determinação absoluta com este prêmio me dá esperança de continuar e fazer melhor”.

Serena trouxe de volta a premiação para as mulheres após um longo hiato. Antes dela, a outra atleta premiada com a honraria foi Mary Decker, em 1983.

A revista atualizou ainda o título da premiação para Esportista do Ano, deixando a distinção de gênero (Sportsmen of the Year, em inglês) para trás.

(Reprodução/ Sports Illustrated)