Saudades de La Casa de Papel? Conheça outras séries com seus atores

Depois do sucesso do maior assalto a banco da história da Espanha, protagonistas conseguiram outros papéis; e tem produção que está na Netflix

Uma das principais produções recentes de língua não inglesa, La Casa de Papel se mostrou um grande sucesso de público da Netflix. Os principais atores da série têm trabalhos anteriores, mas ficaram conhecidos após o mais famoso assalto ao Banco Central da Espanha.

Alguns deles estão estrelando outras séries, e tem até produção que está disponível na plataforma de streaming no Brasil. O Rio (Miguel Herrán) interpreta Christian Varela Expósito na também espanhola “Elite”, em catálogo na Netflix.

Confira os principais trabalhos de Álvaro Morte (El Profesor), Úrsula Corberó (Tóquio) e Miguel Herrán (Rio).

Rio – Miguel Herrán 

Miguel Herrán tem apenas duas atuações em séries de televisão, mas as duas são produções de grande sucesso. Com estreia em La Casa de Papel, em 2017, o ator ganhou destaque e conseguiu espaço em seguida na “Elite”, também da Netflix. As duas programações espanholas estão em andamento e podem ser acompanhadas pela plataforma de streaming.

Tóquio – Úrsula Corberó

O primeiro trabalho de Úrsula na TV foi na série catalã “Espejo Roto”, em 2002. Três anos depois, ela interpretou Sara em “Ventdelplà”.

Já em 2008, fez parte do elenco de “Física ou química”, uma ficção juvenil que aborda os conflitos da adolescência de um grupo de amigos.

Depois atuou na série “14 de abril, La República”. Em 2015, Úrsula participou dos filmes: “Perdiendo el norte”, “Cómo sobrevivir a una despedida”, “La dama velada y Anclados”. E em 2017, a atriz estreou em seu papel de maior sucesso, como Tóquio em La Casa de Papel.

El Profesor – Álvaro Morte

A mente que planejou o maior assalto a banco da história da Espanha em La Casa de Papel também começou a atuar no ano de 2002, representando um bombeiro na série “Hospital Central”. A produção espanhola retrata as vidas pessoais e profissionais do fictício Hospital Central em Madrid.

Álvaro também atuou na ópera “Aida”, em 2008. Já em 2009/2010, o espanhol estreou na série “Cuéntame cómo pasó”. A produção narra as experiências de uma família de classe média, a Alcantara, durante os últimos anos do franquismo e do início da transição espanhola. A série é considerada uma crônica sócio-política da época.

Atualmente, além de ser o cabeça nos planos em La Casa de Papel, Álvaro também atua como “Óscar” na série espanhola “El Embarcadero”.

A série

La Casa de Papel é uma produção originalmente espanhola que foi lançada em maio de 2017 e teve os direitos adquiridos pela Netflix da rede de televisão local Antena 3.

O serviço de streaming lançou a terceira temporada com exclusividade em julho deste ano e já tem a quarta confirmada. A série, que é uma ação centrada em assaltos, foi criada por Álex Pina.