São Paulo admite que Ganso pode estrear só em 2013

O São Paulo toma o máximo cuidado antes de colocar Ganso de volta em campo

São Paulo – Depois de custar R$ 23,9 milhões ao São Paulo e à DIS, o meia Paulo Henrique Ganso pode ter sua estreia adiada para 2013. Nesta sexta-feira, o fisioterapeuta tricolor Luis Rosan admitiu a possibilidade de o reforço não conseguir jogar em 2012, perdendo a reta final do Brasileirão e a Copa Sul-Americana.

“O nosso objetivo é que ele volte a jogar ainda este ano, mas não é possível afirmar categoricamente que isto irá realmente acontecer. A diretoria nos deu ampla liberdade para recuperá-lo sem pressa. Se não puder jogar (em 2012), não será problema. No entanto a meta é que ele volte ainda nesta temporada”, explicou Rosan, em entrevista à Rádio Globo.

O São Paulo toma o máximo cuidado antes de colocar Ganso de volta em campo. Quer o jogador por inteiro em 2013. Atualmente, ele trata uma lesão na coxa esquerda, mas também faz fortalecimento na perna direita.

Por isso, Rosan não faz prognósticos para a estreia de Ganso. “É precipitado fazer qualquer projeção porque o atleta está conosco há apenas uma semana. Tratamos também a perna direita dele, que está atrofiada. Assim que a lesão na coxa estiver totalmente cicatrizada, faremos um processo de fortalecimento muscular e será comparada à outra coxa. Quando ele não tiver dor e estiver equilibrado, será entregue ao departamento físico e técnico, que dirá quando ele poderá estrear”, explicou.

O fisioterapeuta também foi cauteloso ao responder quando Ganso estará 100%. “Você pode dizer que o atleta está bom a partir do momento que ele entra no campo. Se já o conhecêssemos antes seria mais fácil, mas é preferível ter cautela porque seu histórico de lesões é acentuado.”