Salão Internacional de Alta Relojoaria terá 24 expositores

Feira acontecerá entre os dias 18 e 22 de janeiro e simbolizará a abertura da agenda do universo relojoeiro pra o próximo ano

São Paulo – Veículos de imprensa receberam, recentemente, as informações oficiais sobre o Salão Internacional de Alta Relojoaria, que acontece anualmente, nos meses de janeiro, em Genebra, na Suíça.

Para 2016, a feira acontecerá entre os dias 18 e 22 de janeiro e simbolizará a abertura da agenda do universo relojoeiro pra o próximo ano.

No comunicado, fomos informados que a feira contará com um novo conceito arquitetônico, que permitirá a personalização interior de acordo com as novas coleções lançadas pelos expositores.

Além das alterações visuais, o salão passará a ter não mais 16, mas sim 24 expositores.

Dos principais, Ralph Lauren deixa de expor no evento e as “marcas titulares” permanecem: A. Lange & Söhne, Audemars Piguet, Baume & Mercier, Cartier, Greubel Forsey, IWC, Jaeger-LeCoultre, Montblanc, Panerai, Piaget, Richard Mille, Roger Dubuis, Vacheron Constantin e Van Cleef & Arpels, além de Parmigiani Fleurier, que não pertence ao Grupo Richemont.

Um novo espaço chamado “Carré des Horlogers” receberá outras nove relojoarias independentes, a “nova guarda” da relojoaria.

A iniciativa foi tomada pela Fundação da Alta Relojoaria (FHH), organizadora do evento, e reflete a pretensão de trazer novos e diferentes players para a apreciação do evento.

A partir de 2016, então, Christophe Claret, De Bethune, H. Moser & Cie, Hautlence, HYT, Kari Voutilainen, Laurent Ferrier, MB&F e Urwerk passam a expor.

O evento acontece no pavilhão de exposições de Genebra PALEXPO e é fechado apenas para convidados.