Ronaldinho Gaúcho é eleito Rei da América em votação

Depois de duas vitórias seguidas de Neymar, então no Santos, o camisa 10 do Atlético Mineiro recebeu 156 votos

Montevidéu – Ronaldinho Gaúcho foi eleito o “Rei da América” em 2013, nesta terça-feira, em votação envolvendo mais de 200 jornalistas esportivos, promovida pelo jornal uruguaio “El Pais”, que os brasileiros dominam pelo terceiro ano consecutivo.

Depois de duas vitórias seguidas de Neymar, então no Santos, o camisa 10 do Atlético Mineiro recebeu 156 votos. Em 2006, a mesma publicação elegeu Ronaldinho como o “Rei da Europa”, na época em que atuava no Barcelona.

Curiosamente, mesmo só tendo atuado por seis meses no futebol brasileiro, Neymar ainda conseguiu garantir o segundo lugar, com 81 votos. Em terceiro ficou o meia argentino Maxi Rodríguez, do Newell’s Old Boys, que recebeu 79 votos.

Antes de Ronaldinho e Neymar, outros quatro brasileiros venceram a honraria dada pelo “El Pais” desde 1986. São eles: Bebeto (1989), Raí (1992), Cafu (1994) e Romário (200). Antes, a entrega era feita pelo jornal “El Mundo”, e foi vencida por Tostão (1971), Pelé (1973), Zico (1977, 1981 e 1983) e Sócrates (1983).

Neste ano, outros brasileiros votados pelos jornalistas participantes foram Éverton Ribeiro, do Cruzeiro, Jô, Victor e Bernard, do Atlético Mineiro (o último agora no Shakhtar Donetsk), Éderson, do Atlético Paranaense, e Paulinho, ex-Corinthians e agora no Tottenham. Além deles, o uruguaio Diego Forlán, do Internacional, também foi votado.

Confira a classificação do prêmio “Rei da América”:

Jogador Time Votos
Ronaldinho BRA – Atlético Mineiro 156
Neymar BRA – Santos 79
Éverton Ribeiro ARG – Newell’s Old Boys 8
BRA – Atlético Mineiro 6
Éderson BRA – Atlético Paranaense 5
Jefferson Montero QUE – Morelia 4
Pablo Velázquez PAR – Libertad e Toluca 2
Paulinho BRA – Corinthians 1
Diego Forlán URU – Internacional 1
Víctor BRA – Atlético Mineiro 1
Bernard BRA – Atlético Mineiro 1